I Cartas a Lúcia

Um poema por semana foi o que prometi a Lúcia. Um poema por semana foi o que Lúcia me prometeu.

Preito

de Almeida Garrett em Folhas Caídas

«É lei do tempo, Senhora,
Que ninguém domine agora
E todos queiram reinar.
Quanto vale nesta hora
Um vassalo bem sujeito,
Leal de homenage e preito
E fácil de governar?

Pois o tal sou eu, Senhora:
E aqui juro e firmo agora
Que a um despótico reinar
Me rendo todo nesta hora,
Que a liberdade sujeito…
Não a reis! — outro é meu preito:
Anjos me hão-de governar. »

Prometi, ademais, uma música a Lúcia. Lúcia, a tua música toca aqui.
Worried Shoes — Karen O and the Kids

Para ouvires quando os anjos estão em silêncio.

Com um beijinho,
Sofia.

Anúncios

One Comment Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s